Sete Lagoas terá 100% de seu esgoto tratado

No sábado, dia 3 de fevereiro, o deputado esteve em Sete Lagoas com o prefeito Leone Maciel e o ministro das Cidades Alexandre Baldy, onde registraram importante vitória para a cidade.

O ministro, juntamente com o prefeito, assinou a Autorização de Início das obras (AIO) para a construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE).

Com a realização da obra, a cidade terá 100% do seu esgoto tratado, devolvendo água à bacia do Rio das Velhas, que pode ser utilizada por milhares de pessoas que dependem do rio e seus afluentes.

Sete Lagoas coleta hoje, mais de 90% de seu esgoto sanitário. Porém, somente 10% deste total vão para tratamentos do SAAE. O restante é despejado nas bacias do Córrego dos Tropeiros e Ribeirão Matadouro.

A obra do ETE será construída na comunidade de Areias. O empreendimento será construído em uma área de 111.793 m² e terá uma única unidade para atender as duas bacias hidrográficas da sede do município. O empreendimento foi projetado para atender uma população de 227 mil habitantes, com o horizonte final para o ano de 2033, quando é estimada uma população de 298 mil habitantes. O sistema terá tratamento preliminar, reatores UASB, filtros biológicos, decantadores e desidratação de lodo.

A ETE é uma importante obra para a melhoria das condições sanitárias e ambientais do município e consequente melhoria da qualidade de vida da população.

O Deputado comemorou essa conquista “É um momento de alegria, gratidão a Deus, ao povo, ao Prefeito Leone Maciel pelo empenho, e ao Ministro das cidades. Essa luta que venho acompanhando, se estende há 30 anos, por 12 anos tramitava na Supram o processo para conceder a Licença de Instalação da ETE. Hoje se concretiza o início dessas obras, que já esperávamos durante tantos anos. Sete Lagoas terá mais infraestrutura para atender a demanda da população, e também deixará de poluir o Rio das Velhas”.

*Com informações do site da Prefeitura de Sete Lagoas.