CNH-e: A carteira de Habilitação Digital já é válida em MG

O Detran-MG anunciou o lançamento da Carteira Nacional de Habilitação Digital (CNH-e) que já começa a valer a partir de hoje (01/02). A emissão do selo digital (o QR Code) da nova CNH será obrigatória em todo território nacional. Porém a obrigatoriedade só valerá a partir de julho, segundo o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito). No entanto, o Detran-MG já está apto para operar o sistema e emitir a CNH-e para os motoristas que desejarem o documento digital. Em Minas Gerais, a CNH-e poderá ser solicitada, gratuitamente, apenas pelos motoristas que já possuem a carteira de habilitação com a impressão do código de barras bidimensional, o QR Code. Para o condutor que não tirou a carteira ou a renovou antes do mês de maio do ano passado, é necessário procurar o Detran e solicitar a segunda via com a versão atualizada. A versão impressa do documento continuará sendo emitida normalmente e o custo permanece o mesmo. As duas versões serão válidas em todo o Brasil. Para quem não se adequa ao mundo tecnológico, não se preocupe! Pois a CNH-e é opcional; o que é obrigatório é o selo digital, o QR Code, impresso no documento. Para solicitá-lo é só fazer a segunda vida da carteira, ou se estiver perto do prazo de vencimento, solicitar a renovação. O aplicativo “CNH Digital” já está disponível para download na Google Play e App Store. É importante que os dados do condutor estejam atualizados no sistema do Detran-MG, principalmente o e-mail e o telefone celular, que acessará a CNH-e. Os condutores que já possuem a CNH impressa com QR Code e estão em dia com os dados atualizados no Detran-MG podem solicitar o novo documento digital no site do Denatran.

O deputado Leonardo Quintão se diz contente com o avanço tecnológico “Todas as alternativas que reduzem o consumo do papel é válida, pois diminui gastos, poluição e energia. Além de ser uma boa alternativa para o motorista, será uma opção prática, cômoda e segura. ”

Vale lembrar que a apresentação da CNH, impressa ou digital, é obrigatória e a falta do documento gera multa de R$ 88,38, além de três pontos na CNH e a retenção do veículo. Maiores informações estão disponíveis no site do Detran-MG (detran.mg.gov.br).