Slide background
   

Recurso do deputado Leonardo Quintão garante a reabertura da Casa de Apoio para os pacientes de Ipatinga em tratamento em BH

Home / Notícias / Leonardo Quintão na Câmara / Recurso do deputado Leonardo Quintão garante a reabertura da Casa de Apoio para os pacientes de Ipatinga em tratamento em BH

Depois de quase cinco anos sem um local de apoio e descanso em Belo Horizonte durante o tratamento fora de domicilio, moradores de Ipatinga comemoram o retorno do convênio com a Casa de Apoio Hospedagem das Virtudes.  

A assinatura do convênio só foi possível devido ao recurso de mais de R$ 6 milhões enviados pelo deputado federal Leonardo Quintão para serem investidos na Saúde de Ipatinga.  

Localizada próximo aos principais hospitais como Santa Casa, Hospital das Clínicas e João XXIII, a casa de acolhimento já tem recebido há quase um mês os pacientes que saem de Ipatinga para consultas especializadas e tratamento em Belo Horizonte.  

No local, os ipatinguenses em tratamento fora de domicilio (TFD) e seus acompanhantes têm direito ao café da manhã, almoço, café da tarde e jantar. Eles também podem se distrair na sala de TV e ficarem hospedados quantos dias forem necessários para a conclusão do tratamento. Tudo isso sem nenhum custo.  

É o caso da moradora do bairro Limoeiro, Maria Margarida Moreira, de 64 anos. Desde 2005 quando descobriu um tumor na cabeça ela faz tratamento no Hospital das Clínicas e constantemente precisa vir a BH para consulta e exames. “Quando acabou o convênio foi muito ruim pra gente. Até o horário da consulta ou do ônibus para ir embora, eu tinha que ficar perambulando pelas ruas. E quando precisava ficar mais de um dia em Belo Horizonte, ainda tinha que preocupar em achar uma pousada barata para dormir.”“Agora estou muito feliz, essa casa é uma benção. Hoje é a primeira vez que venho depois que o convênio voltou”, comemorou.  

Além das refeições e hospedagem, os pacientes ainda contam com o transporte gratuito de Ipatinga para Belo Horizonte e também da Casa de Apoio para os hospitais. “Essa é a terceira vez que venho aqui depois que a Casa foi reinaugurada e agora fico despreocupado, pois a van me leva até o hospital para a consulta e depois me busca. Isso é muito bom, pois já fiz tratamento no Hospital Julia Kubitscheck, no Barreiro, e nem sabia como chegar lá. Espero que esse trabalhe continue, não pare”, conta o morador do bairro Bom Jardim, Wesley Dias Ferreira, de 36 anos.  

 

Posts Recomendados
Fale Conosco

Dúvidas ou informações? Envie uma mensagem aqui e responderemos o mais breve!