Slide background
   

Novos equipamentos garantirão melhoria no atendimento aos pacientes do SUS e redução de despesas do Hospital Evangélico

Home / Notícias / Leonardo Quintão na Câmara / Novos equipamentos garantirão melhoria no atendimento aos pacientes do SUS e redução de despesas do Hospital Evangélico

Pacientes do SUS atendidos no Hospital Evangélico de Belo Horizonte terão agora um melhor atendimento com a entrega de dois novos equipamentos que integrarão os Centros de Imagem e Oftalmologia da instituição.

Trata-se de um laser oftalmológico e um aparelho de raio-x digital adquiridos no valor de R$ 500 mil, recurso de emenda individual do deputado federal Leonardo Quintão. Parceiro antigo da instituição, só neste mandato o deputado destinou para o local cerca de R$ 3 milhões, que têm sido usados na compra de novos equipamentos e custeio.

“Meu foco é a saúde e isso venho priorizando a cada mandato. A saúde não pode esperar e, por isso, procuro contribuir com os hospitais que atendem pelo SUS, principalmente, esses que são referência tanto para os pacientes de BH, quanto para os pacientes do interior”, explicou o deputado federal Leonardo Quintão.

 

Novos Equipamentos

Um laser primordial no tratamento de pacientes que operaram de catarata foi adquirido pelo Hospital Evangélico, que desde 2014 tem ampliado seus serviços na área de oftalmologia.

Cerca de 5 mil pacientes de todo o Estado com problemas na visão são encaminhados mensalmente para a unidade, que também realiza mais de 250 cirurgias de catarata/mês. “Em média, 30% dos pacientes que operam de catarata desenvolvem o que chamamos, popularmente, de segunda catarata. E essa situação depende de um equipamento como o yag-laser para ser resolvido, caso contrário, o paciente vai perdendo a visão”, explicou o oftalmologista do HE, João Neves de Medeiros.

Ainda de acordo com o médico o maior problema é que são poucos os hospitais que dispõem deste equipamento. “Apesar de tão necessário, são poucos os hospitais em Belo Horizonte que tem esse equipamento para atendimento pelo SUS. E no interior então, ele é raro. O paciente diagnosticado com esse problema é encaminhado para BH. Aqui mesmo trabalhávamos com um alugado, o que era um problemão para a instituição, pois o custo do procedimento ficava muito mais alto do que o valor repassado na tabela SUS”, acrescentou.

Além do laser oftalmológico adquirido com o recurso destinado pelo deputado Leonardo Quintão, o raio-x digital também fará uma enorme diferença no atendimento da ortopedia, uma vez que mais pacientes serão atendidos e os resultados dos exames mais assertivos com a melhoria das imagens. “Não tínhamos aqui um aparelho digital, ainda trabalhávamos com os exames impressos. Além da qualidade ruim da impressão das chapas, esses exames nos geravam uma despesa em torno de R$ 30 mil por mês”, afirmou a diretora administrativa, Mara Pimentel.

Antes da chegada deste novo aparelho, mais de 1.800 raios-x mensais pelo SUS eram realizados, capacidade que poderá ser até dobrada com o novo modelo digital.

 

Posts Recomendados
Fale Conosco

Dúvidas ou informações? Envie uma mensagem aqui e responderemos o mais breve!